Total de visualizações de página

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Recordar é viver!

Estou em Cabo Frio (RJ), a terra querida na qual fui criado. Estar aqui é sempre uma experiência especial, reflexiva. Mato a saudade de estar num cômodo e ouvir os passos de meu pai se aproximando, caminhar este cujo som "esqueci-me haver decorado".

É tempo de ter a noção deliciosamente confusa de, embora sabendo que a estada tem fim previsto, parecer que não irei embora e não cessarão as conversas gostosas com meus irmãos.

É tempo de matar a saudade de andar de braços dados com minha irmã. Tempo de ouvir as risadas de meu pai.

Afora o convívio familiar, procuro rever pessoas queridas e que estiveram presentes no decorrer de minha infância e adolescência, esta última, época na qual Deus despertou o chamado que tinha reservado para mim desde momentos imemoriais. Aproveitei para participar de um abençoado culto numa igreja onde poderia, além de adorar ao Criador, rever irmãos queridos.

Aproveito para andar... andar pelas ruas da cidade linda onde cresci. Ruas nas quais falava com meu Deus sozinho.

Posso, de noite, orar à beira de um manso Canal do Itajurú, onde ao fundo repousa robusto o Morro da Guia, colina sobre a qual num inverno dos meus 15 anos, meu Deus, juntamente com Seu filho me abraçaram.


É tempo de sentar-me num dos bancos frente à Praia do Forte, e conversar serenamente com meu Pai Supremo, enquanto vislumbro encantado o horizonte. Nessa conversa, perco-me nos sonhos que tenho para minha vida-ministério.


Passo na frente de templos nos quais, adolescente, anunciei o Cristo que um dia me recolheu do lodo da solidão espiritual.

Toda vez que venho à Cabo Frio, sou naturalmente convidado pelo Espírito de Deus a RECORDAR AS VEREDAS ANTIGAS, A CELEBRAR MINHA VIDA E A HISTÓRIA QUE ELE TEM ESCRITO NO PAPIRO DE MEUS DIAS. Mais do que férias, é um retiro físico espiritual emocional (não quero vírgula, pois sou um ser só) para AVALIAR o que aprendi e o que preciso aprender de Deus. Vivo aqui um momento altamente propício para REFLETIR sobre rumos a seguir.

Enfim, estou num reencontro comigo mesmo.

Todos nós precisamos de um reencontro com nosso self; visitar de algum modo aquele "lugar" onde você se vê e se coloca diante de Deus não como o que é, mas APENAS como quem é.

O modo judaico de nomear as pessoas é muito interessante e inspirador: Fulano Ben (Filho de) Cicrano Ben (filho de) Beltrano. No momento em que o judeu é chamado para os eventos mais solenes de seu culto a D-us, pode RECORDAR suas raízes PESSOAIS. Traz à memória e apresenta perante Deus um eu linkado às próprias bases humanas, capazes de humilhá-lo e despi-lo do que ele assumiu ou supostamente conquistou na caminhada do viver. É tempo de lembrar que tudo o que carrega anexado ao próprio ser é dádiva de Deus.

Ao olhar para o mar, em seus ciclos intermináveis, cujas ondas trazem águas, algas e pertences longínquos, posso refletir sobre a verdade de que Deus é fiel para banhar a orla de meu coração e trazer suas supresas, que fazem o ruído nessa história não ser apenas o ecoado no mar, resultante da constante quebra de ondas, mas renovar-se em forma de exclamação advinda da areia, dizendo: "- Obrigado, Pai.".

Os primeiros capítulos de Devarim (Deuteronômio) estudados nas sinagogas de todo o mundo no último sábado, que coincidiu com minha estada aqui, apresentam um Moisés que teve de ensinar princípios através da recordação, relatando a uma nova geração os fatos que marcaram sua origem.

Caro leitor, lembre-se de quem você é diante de Deus!

O filho pródigo só voltou ao pai, quando recordou-se de quem era. A congregação de Éfeso só poderia arrepender-se e praticar as primeiras obras, se antes LEMBRASSE de onde caiu, ou seja, de quem era.

Recordar é viver! Muitos estão por aí como mortos-vivos, simplesmente porque não se lembram do que realmente é importante.

Pai, lembre-me sempre quem sou ante o que sou, para que o que sou não me faça esquecer pra sempre quem sou.


"Ensina-nos a contar os nossos dias de tal maneira
que alcancemos coração sábio."


(Salmo 90:12 - Uma oração de Moisés, homem de Deus)


Tiago, filho de Charles, filho de Murillo.

domingo, 18 de abril de 2010

YOM HAATSMAÚT - ISRAEL 62 ANOS

Março e abril desse ano marcaram o período que naturalmente destaca e conecta a Páscoa, o Holocausto e o Renascimento de Israel. Logo após a Páscoa, durante a Contagem do Ômer (vide Lv 23:15-16), mais especificamente, no 12º dia da contagem, foi marcado o Yom HaShoá, o Dia de Recordação do Holocauto e do Levante do Gueto de Varsóvia. Hoje, 8 dias após, no pôr-do-sol de 18 de Abril, início de 5 de Iyyar de 5770, o 20º dia da Contagem do Ômer, celebramos a Independência do Estado do Estado de Israel.

Assim como a contagem do Ômer faz uma ponte entre o Êxodo e o Monte Sinai, onde os israelitas receberiam as instruções que lhes tornariam uma nação, este período marca a passagem da opressão nazista para o júbilo pelo renascimento da nação judaica.

Após o sofrimento da Páscoa, os israelitas receberam a Torá. Após a agruras nos campos de concentração nazistas, os judeus receberam de novo a sua terra.

O Senhor anunciou na Torá e nos profetas que o arrependimento faria o Seu povo Israel retornar do exílio. Leiamos Dt 30:1-5:

(DT 30:1) - E SERÁ que, sobrevindo-te todas estas coisas, a bênção ou a maldição, que tenho posto diante de ti, e te recordares delas entre todas as nações, para onde te lançar o SENHOR teu Deus,
(DT 30:2) - E te converteres ao SENHOR teu Deus, e deres ouvidos à sua voz, conforme a tudo o que eu te ordeno hoje, tu e teus filhos, com todo o teu coração, e com toda a tua alma,
(DT 30:3) - Então o SENHOR teu Deus te fará voltar do teu cativeiro, e se compadecerá de ti, e tornará a ajuntar-te dentre todas as nações entre as quais te espalhou o SENHOR teu Deus.
(DT 30:4) - Ainda que os teus desterrados estejam na extremidade do céu, desde ali te ajuntará o SENHOR teu Deus, e te tomará dali;
(DT 30:5) - E o SENHOR teu Deus te trará à terra que teus pais possuíram, e a possuirás; e te fará bem, e te multiplicará mais do que a teus pais.


Após lermos o verso 1, leiamos Dn 9:11:

(DN 9:11) - Sim, todo o Israel transgrediu a tua lei, desviando-se para não obedecer à tua voz; por isso a maldição e o juramento, que estão escritos na lei de Moisés, servo de Deus, se derramaram sobre nós; porque pecamos contra ele.

A consciência do pecado e o arrependimento são fundamentais para o fim da Diáspora.

Atentemos novamente para os versos 3 a 5 de Dt 30:

(DT 30:3) - Então o SENHOR teu Deus te fará voltar do teu cativeiro, e se compadecerá de ti, e tornará a ajuntar-te dentre todas as nações entre as quais te espalhou o SENHOR teu Deus.
(DT 30:4) - Ainda que os teus desterrados estejam na extremidade do céu, desde ali te ajuntará o SENHOR teu Deus, e te tomará dali;
(DT 30:5) - E o SENHOR teu Deus te trará à terra que teus pais possuíram, e a possuirás; e te fará bem, e te multiplicará mais do que a teus pais.

O profeta Ezequias também descreve o retorno à Terra de Israel (Ez 37:15-22):

(EZ 37:15) - E outra vez veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo:
(EZ 37:16) - Tu, pois, ó filho do homem, toma um pedaço de madeira, e escreve nele: Por Judá e pelos filhos de Israel, seus companheiros. E toma outro pedaço de madeira, e escreve nele: Por José, vara de Efraim, e por toda a casa de Israel, seus companheiros.
(EZ 37:17) - E ajunta um ao outro, para que se unam, e se tornem uma só vara na tua mão.
(EZ 37:18) - E quando te falarem os filhos do teu povo, dizendo: Porventura não nos declararás o que significam estas coisas?
(EZ 37:19) - Tu lhes dirás: Assim diz o Senhor DEUS: Eis que eu tomarei a vara de José que esteve na mão de Efraim, e a das tribos de Israel, suas companheiras, e as ajuntarei à vara de Judá, e farei delas uma só vara, e elas se farão uma só na minha mão.
(EZ 37:20) - E as varas, sobre que houveres escrito, estarão na tua mão, perante os olhos deles.
(EZ 37:21) - Dize-lhes pois: Assim diz o Senhor DEUS: Eis que eu tomarei os filhos de Israel dentre os gentios, para onde eles foram, e os congregarei de todas as partes, e os levarei à sua terra.
(EZ 37:22) - E deles farei uma nação na terra, nos montes de Israel, e um rei será rei de todos eles, e nunca mais serão duas nações; nunca mais para o futuro se dividirão em dois reinos.

Vide agora Dt 30:6:

"E o SENHOR teu Deus circuncidará o teu coração, e o coração de tua descendência, para amares ao SENHOR teu Deus com todo o coração, e com toda a tua alma, para que vivas."

Leiamos também Ez 37:22:

"E nunca mais se contaminarão com os seus ídolos, nem com as suas abominações, nem com as suas transgressões, e os livrarei de todas as suas habitações, em que pecaram, e os purificarei. Assim eles serão o meu povo, e eu serei o seu Deus. "

Antes, em Ez 36:24-27, o Profeta
Ezequias já havia anunciado essa profética purificação do coração israelita:

(EZ 36:24) - E vos tomarei dentre os gentios, e vos congregarei de todas as terras, e vos trarei para a vossa terra.
(EZ 36:25) - Então aspergirei água pura sobre vós, e ficareis purificados; de todas as vossas imundícias e de todos os vossos ídolos vos purificarei.
(EZ 36:26) - E dar-vos-ei um coração novo, e porei dentro de vós um espírito novo; e tirarei da vossa carne o coração de pedra, e vos darei um coração de carne.
(EZ 36:27) - E porei dentro de vós o meu Espírito, e farei que andeis nos meus estatutos, e guardeis os meus juízos, e os observeis.

O que Jesus disse sobre aqueles que cressem N'Ele?

(JO 7:37) - E no último dia, o grande dia da festa, Jesus pôs-se em pé, e clamou, dizendo: Se alguém tem sede, venha a mim, e beba.
(JO 7:38) - Quem crê em mim, como diz a Escritura, rios de água viva correrão do seu interior.

A "água pura" com a qual Deus lavaria o coração de Israel, da qual o Profeta Ezequiel estava falando, era o NOVO NASCIMENTO EM JESUS, O MESSIAS.

As vitórias e o progresso material e espiritual de Israel também foram profetizados em Dt 30:7-10:

DT 30:7) - E o SENHOR teu Deus porá todas estas maldições sobre os teus inimigos, e sobre os teus odiadores, que te perseguiram.
(DT 30:8) - Converter-te-ás, pois, e darás ouvidos à voz do SENHOR; cumprirás todos os seus mandamentos que hoje te ordeno.
(DT 30:9) - E o SENHOR teu Deus te fará prosperar em toda a obra das tuas mãos, no fruto do teu ventre, e no fruto dos teus animais, e no fruto da tua terra para o teu bem; porquanto o SENHOR tornará a alegrar-se em ti para te fazer bem, como se alegrou em teus pais,
(DT 30:10) - Quando deres ouvidos à voz do SENHOR teu Deus, guardando os seus mandamentos e os seus estatutos, escritos neste livro da lei, quando te converteres ao SENHOR teu Deus com todo o teu coração, e com toda a tua alma.

Em Ez 37:24-25, o REINO MILENAR DO MESSIAS é profetizado. Leiamos:

(EZ 37:24) - E meu servo Davi será rei sobre eles, e todos eles terão um só pastor; e andarão nos meus juízos e guardarão os meus estatutos, e os observarão.
(EZ 37:25) - E habitarão na terra que dei a meu servo Jacó, em que habitaram vossos pais; e habitarão nela, eles e seus filhos, e os filhos de seus filhos, para sempre, e Davi, meu servo, será seu príncipe eternamente.

E nos versos 26 a 28, os NOVOS CÉUS, A NOVA TERRA E A VINDA DA NOVA JERUSALÉM são profetizados:

(EZ 37:26) - E farei com eles uma aliança de paz; e será uma aliança perpétua. E os estabelecerei, e os multiplicarei, e porei o meu santuário no meio deles para sempre.
(EZ 37:27) - E o meu tabernáculo estará com eles, e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo.
(EZ 37:28) - E os gentios saberão que eu sou o SENHOR que santifico a Israel, quando estiver o meu santuário no meio deles para sempre.

João, o Apóstolo também vislumbrou esse momento (Ap 21:1-3):

(AP 21:1) - E VI um novo céu, e uma nova terra. Porque já o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe.
(AP 21:2) - E eu, João, vi a santa cidade, a nova Jerusalém, que de Deus descia do céu, adereçada como uma esposa ataviada para o seu marido.
(AP 21:3) - E ouvi uma grande voz do céu, que dizia: Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e o mesmo Deus estará com eles, e será o seu Deus.

QUE JESUS VOLTE EM BREVE PARA NÓS!

LASHANÁ HABAÁ BIRUSHALÁIM HABENUIÁ!
(NO ANO QUE VEM EM JERUSALÉM RECONSTRUÍDA!)

PARABÉNS ISRAEL, POR SEUS 62 ANOS!

quinta-feira, 11 de março de 2010

TECNOLOGIAS QUE MAIS ASSUSTAM DO QUE ANIMAM

Fonte: www.folhauol.com.br
11/03/2010 - 08h57

Scanner facial vai identificar e dar dicas de produtos ao consumidor

da Folha Online
Uma espécie de scanner facial --no melhor estilo do sucesso hollywoodiano "Minority Report"-- que direciona as propagandas de acordo com características demográficas, está sendo desenvolvido por pesquisadores, segundo informa o diário inglês "The Daily Telegraph" na quarta-feira (10).
Engenheiros estão desenvolvendo um equipamento, similar ao usado por Tom Cruise no filme, que é construído com câmeras para identificar instantaneamente a idade, gênero e histórico do consumidor.
O sistema de reconhecimento facial, chamado de Next Generation Digital Signage Solution, oferece ao consumidor um produto de acordo com as características demográficas.

Especialistas dizem que a tecnologia, a ser desenvolvida pela empresa japonesa NEC, permitiria que anunciantes desenvolvessem campanhas mais precisas, que fossem adaptadas para os consumidores.
Mas críticos alertam que se trata de uma invasão de privacidade, uma acusação negada pela empresa.
Funcionários alegam que consumidores que apontem invasão de privacidade terão suas identificações imediatamente apagadas.
A tecnologia, atualmente testada nos principais centros comerciais em todo o Japão, é semelhante àquela apresentada no filme de Steven Spielberg.
Em uma cena do filme, o personagem de Cruise, John Anderton, caminha em um shopping futurista com pontos de biometria que, depois de reconhecê-lo, exibe publicidade pessoal.
A tecnologia vai ser testada nos EUA no final deste ano e, caso seja bem-sucedida, deve chegar a outros lugares do mundo.
--------------------------------------------------------------------------------------

Quem sabe, tecnologias como essas podem ser lá na frente, utilizadas de modo perigoso, como instrumentos de controle estatal ou mesmo global, ou ainda como meio de perseguição - embora alguns poderão dizer que ela será útil para questões de segurança?
Como está claro, não estou fazendo uma afirmação, mas sim demonstrando que existirá, com o lançamento de tecnologias assim, POTENCIALIDADE para usos perigosos.

Olhemos atentamente para a Figueira (Mt 24)!

Tiago Corrêa


quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Poesia devocional

(...) E (em) R (restauração)
Tiago Corrêa
(BTY, Rio de Janeiro, 15/01/2010, 01:18hs)


Enquanto tento Te sorver
O Sofrimento compreender
Percebo exausto não poder
Responder ao meu saber
E nessa busca, ao me perder
Me encontro sem saber
Pois se pudesse responder
Sim, como Deus iria ser
Mas quanto mais não entender
Mas humano hei de ser

Resoluto tento ver
pela fé o amanhecer
a saída do Poder
pr'o meu vale de sofrer
Sei que vais me esclarecer
o que há pra eu entender
do que vim a padecer
Quando o futuro oferecer
tempo do amadurec
er
pra lições eu obter


Tua resposta hei de ter
Quando Teu Nome enaltecer
e à minha carne surpreender
em meio ao todo não saber
Dizendo: - "Quero, o TEU QUERER...
Me rendo todo ao TEU SABER...".
Amei-Te tanto sem Te ver
Preciso amar-Te sem entender
E ao invés de esmorecer
CONFIAR-TE MEU VIVER
.